segunda-feira, 1 de junho de 2009

Felicidade é pouco...

Por Rosamélia
Às vezes, sentimos tantos pesares...
Dos mais diversos.
São eles que nos mostram o quão felizes
SOMOS,
Quasemente sempre.
E o quanto devemos assim viver.

Hoje a minha felicidade parece música,
Parece o sertão, tranquilo quase sempre.
Às vezes turbulento:
Humm... ahamm... ahamm...

Importam os problemas?
Os sistemas?
Eles passarão... Eu passarinho!!!
Lá vou eu...cuidar do meu coração.
Porque a vida é frágil e passageira.
E eu quero é voar
E ser feliz.
Digite aqui o resto do post

3 comentários:

Rafaela disse...

"Lá vou eu... cuidar do meu coração"
Vou dar uma folga para ele, vou guardá-lo bem... Vou esquecer um pouco dessas dores a que eu mesma me condicionei.
Então... "Lá vou eu... cuidar do meu coração"

Júlio disse...

eita que essa moça tá cada dia conseguindo colocar essas coisas internas pra fora com mais facilidade! um dia ainda vou escrever coisas bonitas como "quasemente"!

Rosamélia disse...

Isso é influência de G. Rosa. Pode crer!!!