domingo, 12 de fevereiro de 2017

Preconceito de classe????

No Brasil, não existe equidade. Se se é pobre economicamente, não se deve cometer erros nunca... que o mundo cobrará do errante de todas as forma; além, é claro, de ele ter que responder severamente diante da justiça. Agora, se se é rico, o erro é permitido, porque a cobrança social e a justiça são brandas, praticamente nulas. Tudo, para o economicamente favorecido, é justificável, inclusive o pior dos erros... Se deseja por à prova tal ideia, observe o país... observe a prática do julgar, observe a justiça e as cobranças sociais.... observe os discursos... relacionados às posições sociais das pessoas que cometem erros condenáveis social e judicialmente, e poderá concluir a mesma ideia. Essa colocação aqui não é no sentido de defender que o menos favorecido possa errar livremente. Esta colocação é no sentido de cobrar de nós mesmos que as cobranças sejam realizadas de forma mais equânime, para que não pareçamos tão classistas... para que possamos, aos poucos, eliminar o preconceito de classe...

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Deus é.


                           A vida é                                                            O que Deus quer.                                                        A vida segue
No compasso da fé. 

Deus é
Enquanto a vida passa...


Vivamos enquanto há tempo.

domingo, 29 de janeiro de 2017

        O senhor sabe o que o silêncio é? 
                  É a gente mesmo, demais. 
            





              JGRosa in: Grande sertão:veredas. 601.

sábado, 28 de janeiro de 2017

           

      


                              A   gente vive, eu acho, é mesmo para se desiludir e desmisturar. 



ROSA, J. G. Grande sertão: veredas. p. 200
        "As histórias mais populares e locais                                                                                  muitas vezes são as mais universais”.
                                                                                                                     

                                                                        Ariano Suassuna...

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

A admiração...

Quando o tempo ainda não era e o homem descobriu-se capaz da significar o mundo pela linguagem, de súbito, o espetáculo: o admirolóquio...

sábado, 16 de abril de 2016

Golpe

Nas Letras aprendi a confiar na minha capacidade, na minha leitura e na minha escrita, na minha feminilidade, na minha poesia, na minha humanidade. Na Filosofia estou aprendendo a humanizar poeticamente a minha capacidade política... Difícil.. mas está sendo bom... cresço e não me golpeio mais... Na segunda, com ou sem golpe, eu sou cada vez mais eu, contra qualquer golpe que possa ensejar contra mim, enquanto pessoa particular-humana-universal.