domingo, 1 de fevereiro de 2009

Cai... cai


Por Rosamélia

Haicai da paixão
Coração que balança... balança... balança...
até que cai... cai... cai...

Novo haicai
Coração que balançou... balançou... balançou...
balançado e balançando...
até que...
poft... caiu...

Haicai da razão
Coração balançou... caiu...
Sacode-se, dá a volta por cima e balança outra vez...

O haicai é uma forma de poesia japonesa surgida no século XVI e ainda hoje em voga, composta de três versos, com cinco, sete e cinco sílabas, ou seja, tem 17 silabas poéticas. Geralmente tem como tema a natureza ou as estações do ano
Obs.: cf. haiku (forma poética de métrica e acentuação adaptada a partir desta, criada no Brasil) O haicai apresentado aqui tem estrutura livre. É um haicai pós-moderno.

4 comentários:

Anônimo disse...

Eu fico aguniada com esse servidor é na hora de comentar ( não sei se entendeu mal meu comentário hj pela manhã)

Aaaa rosinha, seus textos são tão lindos ( até mesmo os cômicos)

Passa no meu blog depois XD

www.biahalterbeck.zip.net

Beijão

Beatriz Lemes, 3º ano "a"

Rosamélia disse...

Entendi sim, mocinha! Está tudo bem!!! E continue visitando o blog. Outra coisa, vamos caprichar na escrita, certo?

Anônimo disse...

haikai, balão, haikai, balão, mas não estoure na minha mão.

Rosamélia disse...

Oi, anônimo, pode deixar que esse balão quem segura sou eu mesma... Aliás, quando esse balão estoura... estoura no meu coração... Mas coração existe é pra isso mesmo, né não? Coração que não balança não é coração... É pedra!!!
Beijinho no core...