sábado, 5 de agosto de 2017

Cansaço...

Ao envelhecer,
Passamos a fazer tudo errado.

Aos olhos dos filhos...
nunca acertamos.
Sempre somos
o desalinho...
o desacerto.

Só sei que o cansaço
é a única coisa que me atinge...

Não sou Tereza, cansada de guerra,
Mas sou Rosa, cansada da luta.

A única coisa que quero
É envelhecer em paz...
E ter o direito de errar.

A única coisa que quero
é não ser cobrada
por nada, nem mesmo de existir...

A única coisa que quero
é poder entrar na minha casa
e se que quiser falar,
se que quiser sorrir
se que quiser dormir
que não haja ninguém para
nada na cara me cuspir...

Não sou Tereza...
Sou Rosa... cansada da luta...


Nenhum comentário: